Mais Tratamentos

A diferença da Abdominoplastia X Mini-Abdominoplastia

Abdominoplastia (ficha)

Associação de plástica de abdome com lipoaspiração e lipoescultura

Cigarro X Plástica de Abdome

Lipoaspiração ou Abdominoplastia? Lipoabdominoplastia pode ser a solução

Período pós-operatório

Plástica de Abdomen

A diferença da Abdominoplastia X Mini-Abdominoplastia

A DIFERENÇA DA ABDOMINOPLASTIA X MINI-ABDOMINOPLASTIA

\r\n

 

\r\n

A plástica de abdome pode ser do tipo "clássico" ou com cicatriz reduzida (mini-abdominoplastia). Os dois tipos têm indicações precisas.

\r\n

Sempre que possível, o Cirurgião Plástico terá a preferência por fazer a menor cicatriz possível. Com técnicas operatórias específicas, a plástica moderna permite cada vez mais tornar a cicatriz com tamanho reduzido. No entanto, não existem "milagres": é preciso entender que o tamanho da cicatriz é diretamente proporcional ao excesso de pele e gordura.

\r\n

A plástica de abdome clássica resulta em cicatriz de tamanho variável, geralmente em forma arqueada e escondida na linha do biquíni, em quase toda a extensão do abdome inferior. Nos homens, a cicatriz tende a ser um pouco mais reta e também na parte de baixo do abdome. O umbigo também é refeito artisticamente resultando num novo formato e localização mais harmônica com o resto do corpo.

\r\n

A mini-abdominoplastia resulta em cicatriz reduzida (tamanho um pouco maior que a da cesárea) pois só é indicada quando o excesso de pele e gordura ocorre apenas na parte abaixo do umbigo. Diferentemente da abordagem clássica, a mini plástica de abdômen não terá cicatriz no umbigo pois o mesmo não será refeito.

\r\n

 

\r\n

ASPECTO DA CICATIZ

\r\n

De maneira geral, após 6-12 meses da realização da cirurgia e, dependendo da qualidade da pele, a(s) cicatriz(es) se torna(m) bem menos aparente(s), especialmente quando são realizados os cuidados básicos recomendados pelos cirurgiões plásticos cuidadosos. Geralmente utiliza-se fitas de silicone, massagens com pomadas especiais e a proteção prolongada da exposição solar.

\r\n

A qualidade final da cicatriz depende da técnica operatória, cuidados pós-operatórios adequados (compressão por micropore, gel de silicone, massagem com creme manipulado, infiltração local, betaterapia e revisão cirúrgica nos casos onde existe hipertrofia ou outros distúrbios da cicatrização), raça, hereditariedade, estado nutricional, controle de doenças (ex: diabetes), evitar infecções locais, abstinência de fumo, entre outros fatores. Apenas a consulta médica particular com seu médico de confiança pode esclarecer todas as dúvidas pertinentes no assunto.

 
X